11 de dez de 2010

Sobre Ensinar e Aprender com os Juniores

Como professores ansiamos ver o resultado do nosso trabalho na vida dos nossos alunos, porque lidamos com o processo de ensino-aprendizagem. Sabemos que cada pessoa é única, então, existem variadas maneiras de aprender. Se todas as pessoas fossem iguais, bastaria uma única forma de ensinar.
     Para ensinar é preciso entender o que é aprender. A aprendizagem pode ser definida como: "uma mudança relativamente permanente no comportamento que resulta da experiência". Porém, para acontecer a aprendizagem, é necessário que haja maturidade das capacidades motoras, neurológicas ou sensoriais; como a Bíblia nos ensina: tudo tem o seu tempo certo (Eclesiastes 3:1).
     Aprender, então, significa elaborar uma representação pessoal do conteúdo exposto. Tudo depende da experiência, do interesse, e de conhecimentos prévios. todoas as coisas que o júnior aprendeu ao longo da sua pequena vida é base para novos conhecimentos.
     O Ensino da Bíblia está contribuindo para que haja aprendizado no sentido real da Palavra? Estamos ensinando a Palavra de Deus de maneira que faça sentido para os juniores? Hoje, já se sabe que o que não faz sentido para o cérebro, ele rejeita, ignora.
     Voltando ao pensamento inicial de que há várias maneiras de aprender, afirmamos que há múltiplas formas de ensinar. Podemos ensinar por meio do tato, do olhar, do paladar, do movimento, do olfato e da audição. Jesus, o nosso Mestre, aplicava diferentes maneiras para ensinar aos seus discípulos e à multidão que o acompanhava. Vejamos alguns exemplos:
1- Pela experiência pessoal:  "A estes doze enviou Jesus, e ordenou-lhes, dizendo: Não ireis aos gentios... mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel..." (Mt 10:5)
2- Pelo ouvir: "Outra vez começou a ensinar à beira do mar. E reuniiu-se a ele grande multidão que ele entrou num barco e sentou-se nele, sobre o mar; e todo o povo estava em terra junto do mar. Então lhes ensinava muitas coisas por parábolas, e lhes dizia no seu ensino: Ouvi..." (Mc 4:1-3)
3- Pelo olhar: "e, avistando uma figueira à beira do caminho, dela se aproximou, e não achou nela senão folhas somente; e disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti. E a figeira secou imediatamente. Quando os discípulos viram isso, perguntaram admirados: Como é que imediatamente secou a figueira?" (Mt 21:19-20)
     Querido professor, querida professora, prestem atenção nos seus juniores, observem suas maneiras de apremder; utilizem variadas formas para ensinar a eles a Palavra de Deus. Que tudo façasentido e mude o comportamento e a vida desses meninos e meninas que Deus mesmo colocou nas suas mãos.

0 comentários:

Postar um comentário